Paola Carosella é acusada de favorecimento sobre Hugo e dispara: “Quanta paranoia”

A jurada Paola Carosella, do “MasterChef Brasil”, recebeu criticas nas redes sociais e ironizou as acusações de favorecimento ao participante Hugo.

Na terça-feira (24),  Paola usou sua rede social para rebater uma das críticas consideradas por ela como machistas:

“Três homens e eu escolhemos um participante homem como ganhador da prova. Mas, quem de fato levou ele para o mezanino exercendo favoritismo e falta de seriedade fui eu (mulher) porque estou com vontades de dar para ele. Boa noite Brasil. Bom descanso”.

O ocorrido foi que, Hugo teve que reproduzir uma receita de sorvete de goiaba do chef Pablo Oazen, no qual foi ganhador da última edição do “MasterChef Profissionais”.

O cozinheiro foi escolhido por unanimidade entre Paolla, Erick Jacquin, Henrique Fogaça e Pablo (convidado) como o primeiro finalista da atual temporada do programa.

Jaquin anunciou a vitória de Hugo com elogios, que de acordo com ele estava melhor do que o dos outros participantes.

Paola Carosella ainda rebate na rede

A chef Paola ainda compartilhou o que uma seguidora diz em um post, que diz:

“Os três chefs e o Pablo decidiram pelo Hugo, mas o povo acha que só a Paola Carosella é responsável pelo que acontece nesse programa”.

Alem dessa acusação, a chef também se irritou após uma internauta dizer que ela também favoreceu Maria Antonia, outra finalista do programa.

“Assistam ao programa, todos ajudamos a todos! Você acha que nós fazemos o que queremos? Assim descaradamente ajudamos a um e não a outro! Quanta paranoia”, disparou ela.

Durante um dos preparos do prato de Maria, Paola aconselhou que a mesma mudasse a receita, pois as bananas, que eram o ingrediente principal, estavam verdes. A participante, no entanto, manteve sua ideia e serviu um tartare de banana.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *